Vamos falar sobre… Sono

Enquadrado no âmbito da Semana da Saúde e Bem-estar do Agrupamento de Escolas da Lousã, para a qual a USF Serra da Lousã foi convidada a participar e colaborar, deslocámos-nos à Escola Secundária da Lousã para abordar e discutir  sobre o Sono e tempo de ecrã.
Pretendia-se uma sessão muito interactiva, pelo que foi com bastante agrado que constatámos o interesse e animação com que a turma do 8ºE nos recebeu, numa sessão marcada por bastante participação, colocando imensas questões pertinentes!

Apesar de já sabermos que o escasso número de horas de sono fosse um problema (razão pela qual fomos convidados a fazer esta sessão), não podemos salientar a surpresa perante uma realidade ainda mais preocupante que a idealizada. Pudémos constatar que na turma mais de 80% dos alunos tinha olheiras marcadas e, apesar de a média de horas de sono ter sido de 7 horas na noite anterior, algumas das crianças dormiram apenas 4, 5 e 6 horas…

Não tão surpreendente, mas igualmente grave foi constatar que a média de horas em frente ao ecrã ronda as 5 horas/dia.
Foi uma experiência enriquecedora e satisfatória para nós e para turma, centrada nos problemas actuais e menosprezados do dia-a-dia das nossas crianças.
Não podemos deixar de agradecer a iniciativa do Agrupamento de Escolas da Lousã, salientando a nossa disponibilidade para a articulações com outras sessões semelhantes.
Na foto, os dinamizadores da apresentação Dra. Inês Tinoco e Dr. Luís Amaral com a professora Teresa Moleiro .
Pode consultar a nossa apresentação aqui:  “SONO: uma solução para muitos problemas

 


Sabemos ainda que o Sono não é só um problema das crianças… E sabemos que existe um abuso de benzodiazepinas a nível nacional, pelo que acrescentamos este panfleto elaborado pela Coordenação Nacional da Estratégia Nacional do Medicamento e dos Produtos de Saúde.

“Dormir e Relaxar … sem depender de benzodiazepinas!”

Literacia em Saúde e Capacitação dos utentes

O doente crónico deve ser participante ativo e responsável pela sua saúde, especialmente no que diz respeito à gestão da sua medicação e autogestão da doença. Existem ainda situações de doença que o utente deve ser capaz de identificar e resolver autonomamente. Para que tal aconteça, além de fazer chegar a informação ao utente, é fundamental que este saiba utilizá-la correctamente.

O Guia Prático de Saúde é uma publicação portuguesa adaptada do original “Guía Práctica de la Salud”, editado pela Sociedade Espanhola de Medicina Familiar e Comunitária (semFYC).

A adaptação desta obra para a realidade portuguesa foi coordenada pela Dr.ª Alexandra Fernandes com o apoio da APMGF.

O Guia apresenta, nos seus diversos capítulos, um conjunto de recomendações úteis dirigidas aos utentes e seus familiares, sobre como lidar com problemas de saúde comuns.

Estas recomendações, podem facilmente ser imprensas e lidas pelos utentes.

Poderá aceder ao ficheiro AQUI.

 

Quando tiver dúvidas discuta-as com a sua equipa de saúde familiar (Enfermeiro e Médico de Família).


Não deixe também de visitar a secção do Portal do SNS em: http://biblioteca.sns.gov.pt/ , onde pode aceder a diversa informação seleccionada para si relacionada com a Literacia em Saúde.

“Caça à Felicidade” – Vencer o sedentarismo… Adeus Depressão!

A atividade decorrida no dia 19/05/2017, consistiu numa “caça à felicidade” dinamizada no Parque Urbano da Lousã, constituída por 5 pontos distribuídos pelo parque. Esta atividade foi inserida nos festejos do Dia Mundial do Médico de Família e contou com o apoio da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), contemplando o tema “Vencer o sedentarismo… Adeus Depressão!” Neste sentido, em cada ponto o participante teve uma mensagem com o beneficio do exercício físico e mensagem de combate à depressão….

No último ponto, o participante foi convidado a ir adquirir um panfleto alusivo à temática da pratica de exercício físico /combate à depressão disponibilizada pela APMGF bem como a entrega de um brinde(chapéu, boné ou t-shirt) e uma caneta disponibilizada pela USF Serra da Lousã.

 

Objectivos da atividade:

  • Contribuir para melhorar conhecimento da população sobre o impacto da depressão e os riscos do sedentarismo
  • Tornar os cuidados de saúde primários mais próximos da população
  • Dinamizar o Parque urbano da Lousã
  • Estimular a prática de atividade física e divulgar a modalidade de orientação

A equipa dinamizadora (esquerda para direita): Tatiana Peralta, Inês Tinoco, Brigite Ferreira e Luís Amaral.

Não participou nesta atividade?

Ainda vai a tempo de descobrir os benefícios do exercício físico!

 

Descrição dos pontos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contamos consigo na nossa próxima actividade. Fique atento!